Sabores de Camila au pair

 

Quarta-feira, 10 de Novembro de 2010

Meu maior dessabor

"I hate beef", "I hate rice", "I do not like potatos", "I hate vegetables", "I hate spaghetti" "I hate my life", "I do not care, I do not care". Essas frases fazem parte do grupo de expressoes prontas - como bom dia, boa tarde, boa noite, por favor, obrigado - dos dois meninos da minha host family. Um de maneira especial.

 

Com 9 anos de idade, um dos meninos, eu nao explicar o porque, decidiu que nao comera nenhum tipo de arroz, nenhum tipo de macarrao, nenhuma batata - a nao ser que eu seja frita - nenhum vegetal e nem carne bovina. Se alguem insiste para que ele tente comer, ele diz que odeia a sua vida, derrama lagrimas com um sentimento de ira, poe uma minina quantidade da comida na boca e vai ao banheiro coloca-la para fora.

 

Isso nao faria a menor diferenca na minha vida, se eu nao tivesse que cozinhar pra essa crianca. No meu pais, na minha casa, na minha familia, arroz, macarrao, batata e legumes, sao os principais acompanhamentos de uma refeicao. De diferentes formas, um ou outro esta presente, seja no almoco ou no jantar. Carne bovina? Eu adoooro.

 

Eliminando o que o garoto de 9 anos odeia, sobra frango e frutos do mar. Peixe, ele nao come todos. Salmao, por exemplo, estah fora. Frango? Existem dois tipos que ele aprova: file empanado e coxinha com um molho apimentado e oleoso. Este ultimo eu nao sei como fazer, nao tentei. Ele come em um restaurante. De acordo com o desejo desta crianca, o frango empanado e o apimentado sao as suas refeicoes, todos os dias. Ahh, eu esqueci que ele tambem gosta de pizza de queijo.

 

Nos fins de semana, quando come fora, com o pai ou a mae - as vezes eu estou presente - o restaurante muda, mas o pedido eh sempre o mesmo. Uma das opcoes acima. Eu ainda nao vi o pai ou a mae conseguirem, na verdade, tentarem, fazer ele comer outra coisa.

 

Bom, mas, a recomendacao que eu tenho do que oferecer para ele como alimento nao eh so isso. Eu preciso variar e ele precisa comer vegetais. Isso mesmo! Preciso tentar, tentar, tentar... E eu entao, me pergunto. Como a simples mocinha aqui vai conseguir fazer o garotinho tentar comer alguma coisa que ele diz odiar, se nem o pai ou a mae dizem que ele tem que comer ou tentam fazer isso?

 

Se alguem souber responder essa pergunta, por favor me avise.

publicado por Sabores de Camila au pair às 11:24

pesquisar

 

posts recentes

arquivos

2011
2010

mais comentados

comentários recentes

mais sobre mim

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

subscrever feeds